Economia baseada nas tecnologias da informação

Pequenos negócios deverão investir em automação comercial para acompanhar as tendências da economia.O futuro dos negócios dependerá da capacidade de gerir as informações nas empresas, transformando-as em conhecimento e transmitindo-as aos interessados. E para que isso aconteça serão necessários investimentos em automação comercial.A seguir, alguns exemplos de indicadores:
  • Faturamento de produtos de fabricação própria e de produtos de revenda;
  • Rentabilidade de cada grupo de produtos;
  • Curva ABC dos produtos vendidos (instrumento para se examinar estoques, a permitir a identificação daqueles itens que justificam a atenção e o tratamento adequado quanto à sua administração);
  • Preços de venda dos produtos;
  • Capital de giro disponível;
  • Despesa operacional;
  • Custo da Mercadoria Vendida;
  • Ponto de equilíbrio;
  • Produtividade por funcionário;
  • Nível de endividamento permitido da empresa.
O investimento em inovação tecnológica e na capacitação dos funcionários permitirá aos pequenos negócios acompanharem a movimentação da economia baseada na informação.

Gestão administrativa e financeira

Saber se é lucrativo ou não é uma informação vital para o negócio. Assim, é necessário saber onde e quando ocorrem desperdícios, perdas, erros em receitas, perda de vendas. É também necessário analisar a produção, ou seja, transformar a informação em conhecimento. Para tanto, a empresa pode fazer um controle com a apuração do Custo da Mercadoria Vendida (CMV).

Deve-se verificar ainda aspectos como:

  • Custo de aquisição: valor de compra do produto junto ao fornecedor;
  • Mark-up: percentual aplicado sobre o valor do produto adquirido, que é predeterminado para cada produto e leva em consideração a sua rotatividade, as perdas e o preço de venda;
  • Venda prevista: valor determinado pela soma do custo da mercadoria vendida mais o mark-up;
  • Participação na venda por departamento: participação de cada produto ou departamento, em percentual, no total das vendas;
  • Margem de Contribuição: valor com que cada produto participa, em percentual, para a formação do lucro bruto;
É fundamental que o empreendedor faça mensalmente o seu resultado operacional. É a partir dele que se define o lucro da empresa.

Em resumo

É preciso saber transformar as informações presentes no dia a dia em conhecimento, pois só assim será possível planejar melhor o gerenciamento da empresa. As tecnologias da informação estão aí para facilitar esse trabalho. Fonte: SEBRAE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos em HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>